Mulheres dominam a economia solidária do Rio Grande do Norte

Pode-se dizer que a economia solidária do Rio Grande do Norte é predominantemente feminina na I Feira Nordestina da Agricultura Familiar e Economia Solidária – FENAFES que se estende até este domingo, 19 de junho, das 16h às 22h, no Centro de Convenções de Natal.
O estande da SETHAS é ocupado por 46 mulheres de 23 empreendimentos de economia solidária (Ecosol) cuja linha de atuação envolve a produção coletiva, sendo uma alternativa inovadora na geração de trabalho, na inclusão social e de gênero.
Dentre os princípios da economia solidária estão a autogestão, a democracia, a solidariedade, a cooperação, o respeito à natureza, a comercialização justa e o consumo solidário.
Nesta nuvem de palavras e conceitos está, na prática, Maria do Rosário Araújo Vitória Lucas Pereira, que trouxe de Caicó para a Fenafes, a experiência do Fórum de Mulheres de Economia Solidária do Seridó que é acompanhado pela Cáritas Diocesana daquele município.
“A grande importância de estarmos participando dessa Feira é mostrarmos o que podemos fazer de melhor”, pontua a doceira Rosário, como é conhecida. “Trouxemos vários produtos como o sabão ecológico, os doces da Rosário (dela mesma), o artesanato, o crochê de outras colegas como Liduína, os biscoitos que fazem parte da gastronomia da nossa colega Genilda”.  Assim como a produção, a fala de Rosário é no coletivo, inclui as mulheres do Fórum. Participar da Feira, para ela, é uma vitória.
Rosário conta que hoje, a economia solidária abrange toda a região do Seridó potiguar, e cada vez mais com o Governo do Estado, destaca, esse segmento econômico se expande e fortalece grupos de pequenos empreendedores como o Fórum.

A Economia Solidaria do RN está na FENAFES com empreendimentos coletivos solidários representados por 46 expositoras de diferentes atividades econômicas como artesanato, confecção, produção criativa, reciclagem, gastronomia regional, mel e sabão ecológico, conta a coordenadora de Economia Solidária da SETHAS, Lidiane Freire.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.