Caicó não teve casos de dengue em 2022

A Secretaria Municipal de Saúde, através do Centro de Controle de Zoonoses – CCZ, realizou mais um Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti – LIRAa, o segundo de 2022.
O trabalho que tem o objetivo de identificar as áreas da cidade com maior proporção/ocorrência de focos do mosquito e os criadouros predominantes, foi realizado entre os dias 25 a 28 de Abril. De acordo com os dados levantados, o município de Caicó tem o índice de infestação predial de 5,7%.

O coordenador do CCZ, Luciélio Henrique, disse que “é preciso reforçar, principalmente no período chuvoso, o cuidado e a orientação para a população. As pessoas devem verificar se no interior e no muro de suas residências tem algum depósito acumulando água parada sem a proteção devida, pois a grande maioria dos focos encontrados foram justamente em depósitos rasteiros, onde a própria população tem acesso fácil e diário aos mesmos”.

No mês de abril, foram notificados 12 casos suspeitos de dengue em Caicó e os resultados dos exames deram negativos.

As informações constantes em relatório divulgado pelo CCZ, apontam ainda que 08 casos foram notificados e positivados para Chikungunya sendo que 04 foram totalmente descartados.

Os maiores índices de infestação predial foram encontrados nos bairros: Castelo Branco, Paraíba, Alto da Boa Vista, João XXIII e Paulo VI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.